English Version Versão em Português Mapa do Site Página Inicial
Villa-Lobos Museu Villa-Lobos Banco de Dados Contato Links Amigos do Museu
Música e Fala Biografia Cronologia Ilustrada




















Infância

Contato com Chorões

Viagens pelo Brasil

Maioridade Artística

Semana de Arte

Viagens pela Europa

O Educador

Villa-Lobos nos EUA


Infância Museu Villa-Lobos - Clique para retornar para a página inicial
Você está aqui: Página Incial » Villa-Lobos » Biografia » Infância
OBS: VERSION EN ESPAÑOL (apagar esta observação)

ilho da dona-de-casa Noêmia Villa-Lobos e do funcionário da Biblioteca Nacional e músico amador Raul Villa-Lobos, Heitor Villa-Lobos nasceu a 5 de março de 1887, no bairro de Laranjeiras, Rio de Janeiro.

Além da cidade do Rio de Janeiro, Villa-Lobos residiu com a família em cidades do interior do Estado do Rio de Janeiro (Sapucaia) e de Minas Gerais (Cataguazes e Bicas) durante os anos de 1892-1893. Nessas viagens, conheceu as modas caipiras e os tocadores de viola, que formam parte do folclore musical brasileiro e que, mais tarde, viria a universalizar-se em suas obras.

Ao retornarem ao Rio de Janeiro, os Villa-Lobos transformaram sua casa num ponto de encontro de nomes respeitados da época. Ali se reuniam, todos os sábados, para tocar até altas horas da madrugada. Esse hábito, que durou anos, influiu decisivamente na formação musical de Villa-Lobos que, logo cedo, iniciou-se na música.

A partir dos seis anos de idade, aprendeu, com o pai, a tocar clarinete e violoncelo (este último em uma viola especialmente adaptada). Raul Villa-Lobos ainda lhe obrigava a exigentes exercícios de percepção musical que incluíam o reconhecimento de gênero, estilo, caráter e origem de músicas, de notas musicais e ruídos.

Foi também nessa época, e graças à sua tia Fifina que lhe apresentou os prelúdios e fugas do "Cravo Bem Temperado", que Tuhú (seu apelido de infância) fascinou-se pela obra de Johann Sebastian Bach, compositor que acabou por servir-lhe de fonte de inspiração para a criação de um de seus mais importantes ciclos, o das nove "Bachianas Brasileiras".

Voltar para o topo

© Copyright 2007 by Museu Villa-Lobos
E-mail: mvillalobos@museuvillalobos.org.br